sábado, maio 28, 2005

Cadilhe acusa: Cavaco é o pai do Monstro.

Escrito por Dragonesso às 2:52 da tarde

4 Comments:

Houve um tempo em que eu acreditava, na palavra dos Homens, na sua seriedade, na fluiedez das palavras...

Houve um tempo, em que eu acreditava, que n~so existiam Monstros...

Houve um tempo... que eu cresci!!

Um abraço saudoso desta ausência forçada :-)
Anonymous Menina_marota, at maio 28, 2005 4:23 da tarde  
A descridibilização das "élites" é tão grande, que mesmo monstruosidades são lidas, com normalidade!
Anonymous jose sarney, at maio 28, 2005 5:28 da tarde  
Menina marota, volta em breve!

Sarney... muitos falam em emigrar. Não os censuro. Estamos num abismo.
Blogger Elise, at maio 28, 2005 6:05 da tarde  
Podes não acreditar em monstros... mas que las hay...
Anonymous Dragonesso, at maio 28, 2005 7:04 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação