terça-feira, maio 31, 2005

Presidente da Metro do Porto acusa multinacionais de «falta de credibilidade»

Escrito por Dragonesso às 5:13 da tarde

3 Comments:

Que complicação. eles como diz no reclame, falam falam e não os vejo a fazer nada, e o povo fica chateado. Beijos
Blogger Adryka, at maio 31, 2005 6:20 da tarde  
Caro Carneiro, eu e o Nesso assinamos a carta que referiu sobre as reformas! Por favor contacte-me por email para mais detalhes.

letterstoelise@sapo.pt

Cumprimentos!
Blogger Elise, at maio 31, 2005 10:14 da tarde  
Pois é Elise,

Se nós não nos damos ao respeito?

Ou seja, o Estado português, como entidade, é má pagadora, não cumpre compromissos, aceita constantes derrapagens, não sabe o que quer, altera, governo sim, governo não (e isto aplica-se às Camaras) mudanças constantes....é evidente que não se dá ao respeito.

Ninguém respeita o Estado Português. A Somague poderia respeitar antes de ser adquirida pela Sacyr, mas sacava do Estado, a bom sacar.....

É o DESNORTE....tal como se esperava!
Anonymous jose sarney, at maio 31, 2005 11:13 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação