domingo, junho 05, 2005

Minuta de Carta

Escrito por Elise às 6:57 da tarde

20 Comments:

Não sei que diga.....mas fui sempre mais "Sancho Pança" do que "Don Quixote"!

Mas aplaudo.
Anonymous Jose Sarney, at junho 05, 2005 7:28 da tarde  
Vou enviar! já agora podiam por o endereço.

Anda a decorrer na Internet um apelo para que no dia 10 Junho se coloque uma bandeira, da mesma forma que foi utilizada durante o europeu. Mas desta vez em vez da bandeira nacional é uma bandeira negra. Negra de protesto contra estes políticos. De protesto contra o estado de saque a que o país tem vindo a ser sujeito, de protesto contra a classe de políticos que nos têm governado, de protesto contra o boys deste e doutros governos, de protesto contra os fundos privados de organismos públicos que permitem que 6 anos de contribuição dêem reformas vitalícias de 8000? ? nem que fossem de 2? são imorais e um aproveitamento de dinheiros de todos nos. Do roubo dos direitos adquiridos, do roubo a quem descontou 36 e mais anos e não se pode reformar. Quando eles se reformam com 6 anos. Por isso este blog solidariza-se e sugere uma bandeira para a causa.
Anonymous João, at junho 05, 2005 8:16 da tarde  
Obrigada amigo sarney. sei, (sabemos) que vai ser díficil, mesmo muito díficil ver tal pedido satisfeito. Mas fica a satisfação de ter feito algo.

Caro João, a carta ainda é um rascunho, digamos assim. provavelmente será delineada como petição. aguarde novos desenvolvimentos nos próximos dias.
Blogger Elise, at junho 05, 2005 9:44 da tarde  
Cara amiga, sim já tinha passado. Vou aderir a todas as formas de luta de modo a dar entender aos nossos políticos que estou farto deles e das canalhadas deles.
Felizmente tenho por actividade profissional viajado um pouco por este mundo. E ao nível da nossa administração só em africa e América latina me da parecer haver igual.
Raros têm sido os políticos que me têm inspirado alguma confiança, mas mesmo assim poucos me têm surpreendido pela positiva. Agora que já não me sinto sozinho, sinto algum animo para lutar pelo fim da corrupção e abuso de confiança. Só espero que os portugueses tenham inteligência suficiente para empreenderem uma luta democrática e intensa contra um sistema político corrupto
Anonymous João, at junho 05, 2005 9:46 da tarde  
Eu continuo a acreditar que o Dr. Mário Soares não vai aderir!

Mas sou como S. Tomé: ver para crer!

E, porque não esta carta, ser uma Carta Aberta difundida pelos órgãos da Comunicação Social ou seja... jornais TV rádios...

Será que eles têm força e coragem suficientes, para tornar público este Movimento?

Abraço :-)
Anonymous Menina_marota, at junho 05, 2005 9:53 da tarde  
Amigo Carneiro,
Ainda este final de semana em conversa com antiga colega de curso que trabalha na Presidência fiquei a saber que o caríssimo Dr. MS limpou o Palácio de Belém de tudo o que foi espólio dos seus 10 anos de (p)residência (documentação, prendas, etc) para levar para a Fundação que pretendia criar.
Embora ache que simbolicamente é interessante dirigirmo-nos a ele numa situação como esta, não sei até que ponto, mesmo nesta encarnação frentista tardia, ele terá interesse genuíno em associar-se a este tipo de iniciativa.
De qualquer modo, acrescentaria que se deveriam contactar outros antigos Presidentes da República(na prática só o Ramalho Eanes) e da Assembleia da República (Almeida Santos, Mota Amaral...).
Um abraço,

AV1 (do AV ao Poder)
Blogger AV, at junho 05, 2005 10:28 da tarde  
Mario Soares? Porque Mario Soares?
Paradigma de Cidadao Exemplar? Uau!!!... Estaremos a pensar na mesma pessoa? Daquele amigo do Jose Eduardo dos Santos, que uma vez Queimou uma Bandeira Nacional?
Anonymous Vasco Salles, at junho 05, 2005 10:44 da tarde  
O António do Portugal Profundo aconselha o seguinte em relação a cartas dirigidas a políticos:

"Desaconselho cartas aos dirigentes políticos e do Estado porque isso corresponde a admitir que eles têm vergonha: a esmagadora maioria dos que nos (des)governam não tem. Se forem escritas cartas, eles devem ser enviadas ao povo."

Que acham?
Blogger Elise, at junho 06, 2005 12:36 da manhã  
Apoio o esforço do amigo Carneiro
e aguardo as suas alterações
(até pq o Sócrates já disse que isto das pensões por inteiro, ia ser modificado...)
mas não acho que deva ser enviada
ao Dr.Mário Soares....porquê a
ele??...não tem mt lógica.
Seria mais proveitoso enviá-la aos meios de comunicação e/ou transformá-la num abaixo assinado.
Abraço
Sulista
Blogger Sulista, at junho 06, 2005 12:38 da manhã  
Apoio o esforço do amigo Carneiro
e aguardo as suas alterações
(até pq o Sócrates já disse que isto das pensões por inteiro, ia ser modificado...)
mas não acho que deva ser enviada
ao Dr.Mário Soares....porquê a
ele??...não tem mt lógica.
Seria mais proveitoso enviá-la aos meios de comunicação e/ou transformá-la num abaixo assinado.
Abraço
Sulista
Blogger Sulista, at junho 06, 2005 12:38 da manhã  
Estou com o Antonio e tambem com a Sulista. Tambem concordo que o esforco do amigo Carneiro `e de louvar, pois para se fazer qualquer obra, tem de se comecar por algum lado, mesmo quando nao sabemos muito bem como sera a sua evolucao e o seu fim.
Anonymous Vasco Salles, at junho 06, 2005 1:29 da manhã  
Ó Elise,
Olha que o senhor não vai nisto. Ele tem uma Fundação que recebe dinheiros públicos para fazer umas coisas estranhas que nem sei bem o que são. Acho que ele não vai nisto. Até acho que é dos que gostam da coisa assim.
Enviar para jornais, tipo carta-aberta, está bem.
Azurara
Blogger azurara, at junho 06, 2005 1:51 da manhã  
Eu também acho que deve ser enviada como carta aberta para os media, enviar directamente para esses politicos vai ser cair em saco roto, de certeza. O esforço do Carneiro não pode cair em saco roto...
Anonymous maresia, at junho 06, 2005 8:53 da manhã  
Muito honestamente, não acredito que os media prestassem atenção a tal carta. O objectivo será o de tornar esta carta numa petição on line - tipo a do Ivo Ferreira, http://www.petitiononline.com/

Com milhares de assinaturas, os media já teriam de prestar atenção...

Parece ser consensual que endereçar a carta ao Dr. Mário Soares, seria uma perda de tempo.

E o amigo carneiro onde anda?
Blogger Elise, at junho 06, 2005 10:08 da manhã  
Caros comentadores:

1. O Dr. Mário Soares é um mero pretexto para dirigir a carta a alguém. Uma carta tem que ter um destinatário...

2. O Dr. Mário Soares, obviamente que é a pessoa mais improvável para corresponder a uma solicitação deste tipo que apelidará imediatamente como "populista a soldo de uma potência qualquer..."

3. Divulgar o texto como "carta Aberta" é uma hipótese. Nesse caso, poderia ser dirigida a todos os ex-presidentes de Belém e da Assembleia, apenas como pretexto para a sua divulgação.

4. Errata: onde se lê pensões deve acrescentar-se e subvenções.

5. Lançar um abaixo-assinado na net seria uma foram de o assunto não se extinguir imediatamente e faria com que se avaliasse o grau de adesão.

6. Eu só lancei uma minuta - não um conceito acabado - para que a indignação social, se existe, tenha campo de intervenção.
Anonymous carneiro, at junho 06, 2005 12:17 da tarde  
Mais uma questão, agora metodológica: o blog é de Elise e Marido. Eu apenas me sinto honrado por me terem deixado contribuir com um texto. Alterações, correcções, iniciativas formais, serão os nossos anfitriões a decidir. A partir deste momento sugiro como qualquer outro comentador.
Anonymous carneiro, at junho 06, 2005 12:28 da tarde  
Então parece que estamos
tds de acordo,
Vamos à carta, abaixo-assinado na Net...a ver o que dá??
e ainda temos que pensar a quem
a dirigir...talvez à própria população??...
Abraço
Sulista
Blogger Sulista, at junho 06, 2005 1:47 da tarde  
Amigo carneiro veja os seus emails, por favor!
Blogger Elise, at junho 06, 2005 2:11 da tarde  
Em paralelo existe um mundo de fartura e de abastança onde vivem beneficiários de algumas reformas pagas pela comunidade e que se revelam

substituam por

Em paralelo existe um mundo de fartura e de abastança onde vivem beneficiários de algumas reformas e remunerações pagas pela comunidade e que se revelam

Porque se fosse só as reformas ainda não era imensamente grave mas o que se assiste nas remunerações e outras alcavalas dos que trabalham nas administrações das empresas públicas, de capital público, institutos e similares, é verdadeiramente escandaloso.

Mais a mais porque esses lugares não são ocupados por pessoas que tenham ascendido a eles pela sua clara competência e também não ficam posteriormente a ocupar o lugar mais que o tempo de um novo governo ocupe o poder -- e com um novo governo nem quero sequer dizer um outro partido ou a existência de eleições; por vezes basta mesmo uma simples mudança no ministro da tutela.

Até mais.
Anonymous Mário da Silva, at junho 06, 2005 3:54 da tarde  
"O príncipio da democracia é dar e receber; dar um e receber dez"
Mark Twain

Ora este adágio está mesmo muito em dia.
Anonymous Mário da Silva, at junho 06, 2005 4:14 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação