domingo, julho 10, 2005

Baaaaaaaaaaaahhhhhhhh!!!

Escrito por Elise às 7:18 da tarde

14 Comments:

Pois é... um mal nunca vem só!

Beijo
Blogger AS, at julho 10, 2005 7:26 da tarde  
Do mal o menos, sempre é o glorioso.
Além de que faz aumentar o "share" da SIC.
Mas não desespere o jogo só demora 90 minutos mais a imensa publicidade que esta estação transmite.
Um pouco mais de paciência e logo, logo, tem oportunidade de assistir à 1ª vitoria do SLB.
E olhe que não é nada fácil...
Viu, nem tudo está perdido.
E que tal comprar um Kit Novo sócio?
Blogger Marga, at julho 10, 2005 8:51 da tarde  
Pois é frog, pois é...beijos

Marga, felizmente na Sic comédida passou o compacto do Jerry Seinfeld...
Blogger Elise, at julho 10, 2005 9:07 da tarde  
Mas amanhã dá na Fox às 21.45.
E aí não há risco dos lampiões interferirem.
Blogger AV, at julho 10, 2005 10:18 da tarde  
Elise

Andas tão preocupada com os lamp's, porquê?
Agira há uma boa razão para nibguém comnprar o kit deles, pirque o Zé dos pneus anunciou que não se vai embora.
Logo, é só lucro para a malta.
Sua tonta.
Beijos que já sentia saudades vossas.
Blogger Luís Oliveira, at julho 10, 2005 10:48 da tarde  
Bah, eu resolvi o problema, uma boa caminhada à beira mar ah ah ah.. estava muito calor para estar em casa... Boa semana e beijinhos azuis
Blogger maresia_mar, at julho 11, 2005 9:39 da manhã  
Pois eu aproveitei melhor o tempo.

1. Descongelei meio kilo de miolo de camarão - do médio (3 cm) -, retirei a nauseabunda tripa do lombo, com golpes precisos da minha faca japonesa e cortei cada unidade em três.

2. Piquei uma cebola, muito picadinha, afastando a cabeça para não levar com os vapores do ácido lacrimejante.

2. Rodelei fininho e depois piquei muito, muito pequenino, um alho francês.

3. Raspei uma cenoura e depois piquei as farripas, muito, muito pequenino.

4. Piquei um raminho de salsa - 6/7 pés.

5. Nestas operações usei a minha outra faca japonesa.

6. Juntei tudo numa tijela grande - também japonesa.

7. Aproveitei todo o miolo de pão duro que tinha na caixa do pão - eu tenho uma daquelas ( da feira de carcavelos, lá para os lados da Sulista) com base branca e tampa vermelha com as letras desenhadas em contraste "Pão". Acho que o modelo já vem do tempo do Salazar. A minha mãe tinha uma daquelas, a minha avó também.

8. Juntei duas gemas de ovo e misturei até fazer uma pasta homogénea.

9. Fiz bolinhas com as mãos passando por pão ralado.

10. Fritei em azeite muito quente durante 30 segundos.

11. Escorri em papel absorvente - o mais que se possa, mudando o papel pelo menos uma vez.

12. E voilá, aqui estão os meus bolinhos de camarão à japonesa.

13. Só se recomenda a quem aprecie os flavors quase puros da natureza. É a intensidade da cebola, do alho frances e o sabor a marisco quase cru que inebria o palato pelo contraste.

14. Se for confeccionado com camarão fresco descascado no momento, então sobe-se ao céu. Mas esse é raro encontrar na praça.

15. Acompanha muito bem com um Alvarinho. Eu utilizo água fresca.

16. Variante: quando se confecciona os bolinhos, pode-se dar uma palmadinha no topo do bolinho e eis que surge... um hamburger. Nesse caso passamos a ter "hamburgers de camarão á japonesa".

17. Porque o gosto varia, pode-se provar os primeiros para acertar o tempo de fritura. Eu gosto quase cru com 30 segundos. Mas, cada qual adapta.

18. Advertência de amigo: pela minúcia, é um petisco muito trabalhoso. Se não for cortado muito pequenino, não tem graça nenhuma. Por isso, confeccionar esta entrada é um acto de paciência e de amor. Mas o meu Miguel chegou do Estágio no Algarve e eu já estava com saudades dele e como ele gosta tanto...
Anonymous carneiro, at julho 11, 2005 9:52 da manhã  
Que delícia carneiro... é a sugestão de hoje para o almoço? mmmmmmm...

Maresia és uma sortuda! ;)é assim mesmo!

AV também és fã da série? :)

Beijos Luís.
Blogger Elise, at julho 11, 2005 10:22 da manhã  
Não para o almoço.

Para uma entrada, para acompanhar uma garrafa especial, para um breve lanche, para desenjoar os morangos e o chantily, a musse de chocolate, enfim aqueles acessorios gastronómicos que sujam os lençóis...

Fala com o Nesso, rapariga. Isto não é conversa que eu deva ter com uma Senhora casada.
Anonymous carneiro, at julho 11, 2005 11:58 da manhã  
O Nesso praticamente não sabe cozinhar. E Carneiro, estou a ver que não és tu que tiras as nódoas díficeis da roupa... :p
Blogger Elise, at julho 11, 2005 12:13 da tarde  
Eu também não estava a falar do Nesso a cozinhar...
Anonymous carneiro, at julho 11, 2005 12:18 da tarde  
... nem a tirar nódoas difíceis da roupa...
Blogger Elise, at julho 11, 2005 1:15 da tarde  
Repito, isto não são conversas que possa ter com uma Senhora casada.

E este fds, o Nesso já começou a comer peixinho ?

A próxima receita vai ser uma caldeirada sem espinhas, dedicada a ele.

(ele que não leve a mal, mas a iniciação é copiada da dos meus filhos).

Agora vou eu buscar os meus hidratos de carbono...
Anonymous carneiro, at julho 11, 2005 1:22 da tarde  
O Nesso vai comer peixinho cozido esta semana,

Dieta, dieta, dieta... :p

Venha lá essa caldeirada!
Blogger Elise, at julho 11, 2005 1:33 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação