segunda-feira, julho 18, 2005

Detalhes...

Escrito por Elise às 2:34 da tarde

4 Comments:

diz-me uma coisa és jornalista!
Anonymous Cetus, at julho 18, 2005 3:47 da tarde  
Nope.
Blogger Elise, at julho 18, 2005 5:49 da tarde  
Afinal estes são os "bons" radicais, a quem foi dado o poder, roubado aos "maus" sunitas do Baas.
Nestas guerras em prole de democracias impostas, fica sempre a destruição de muitas centenas de milhares de humanos, que "apenas" perdem a vida ou a vida dos seus.
A pulverização do Iraque, que foi feita em nome da destruição de armas de destruição em massa, que se sabia não existirem, levou à pulverização do terrorismo, por quem o utiliza para todo o tipo de fins.
Este ponto de vista, segundo a minha modesta opinião, não tem a ver com a opinião hipócrita do Sr Soares, mas também não tem a ver com a ver com a opinião hipócrita da família Bush e do seu grupo, nem muito menos com os objectivos dos radicais islamitas ou judeus, tanto os judeus de Israel como os que vivem em NY.
Afinal as ditaduras não são todas iguais, há umas mais úteis que outras desde o negócio em wall Street ou noutras praças floresça.
Aqui também há radicalismo, meus caros amigos humanos, o radicalismo do negócio, de um lado e do outro.
Agora que o Ocidente, desapareceu, ou seja os seus valores, que têm sido eliminados pelos apóstatas de toda a ordem, os do politicamente correcto, chamem-lhes com todos os nomes acabados em ismo, eu chamo simplesmente secularistas evangélicos, criados e servos fiéis, de todos os mercantilistas do negócio da morte.
Como já disse o caldo irá entornar entre os humanos, que não entendem o que se está a passar e o que parece irracional tem sempre muitas razões que a Razão desconhece.
A minha pobre família vai ficando reduzida devido à seca, tendo a impressão que há mão humana nisto, já não nos bastava os predadores naturais...
Anonymous Toupeira, at julho 18, 2005 9:22 da tarde  
Al Sadr é um oportunista.
Blogger Elise, at julho 19, 2005 1:32 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação