quinta-feira, janeiro 05, 2006

Escrito por Elise às 12:16 da tarde

13 Comments:

Que horror! Esta situação nunca mais acaba?! Vai ser dificil eles entenderem-se... não estou francamente a ver um final feliz-- Bjhs
Blogger maresia_mar, at janeiro 05, 2006 2:34 da tarde  
ahhhh bem...começas a perceber o que eu digo. bom: os teus amigos sunitas, jordânia, egipto, arábia saudita, paquistão & so on, acham que os xiitas não são muçulmanos. e são ferverosos adeptos de uma jihad ofensiva, enquanto os xiitas optam pela jihad defensiva, ( que tem a ver com a tradição do martírio, vinda do assassinato do 1º. Imã, Ali ). Boa tarde.
Blogger spartakus, at janeiro 05, 2006 3:42 da tarde  
O que "eles" querem é o domínio mundial. Pelo menos é o que dizem alguns altos cabecilhas da Al-Qaeda em entrevistas a orgãos de imprensa europeus.
Blogger Gonçalinho, at janeiro 05, 2006 3:53 da tarde  
É...mas até o bin LADEN É UM TERRORISTA PRODUZIDO PELOS AMERICANOS, UM EXOPERACIONAL DA C.I.A...apoiado pelo amigo paquistanês...
Blogger Pinto Ribeiro, at janeiro 05, 2006 4:17 da tarde  
pinto ribeiro eu não acredito em anjinhos no cenário internacional. há os amigos e os inimigos. o meu marido classifica-os em "maus" e "menos maus."

depois os iranianos não os amigos. porquê? porque já foram acusados pelo governo iraquiano de ajudarem a insurgência.

notícia do ano passado, aqui
Blogger Elise, at janeiro 05, 2006 8:04 da tarde  
Toda essa trama é uma luta pelo poder e nesse lado da trincheira não há inocentes. Há e isso sim vitimas. Quando a luta pelo poder estiver resolvida entre eles. O campo de batalha muda-se para outros horizontes.
Hoje é comum falar-se da doutrina dos USA esquecendo o romantismo do terrorismo de esquerda da década de 60. Como na altura foi designado. (Líbia de Muammar Kadafi e Síria) antecessores dos movimentos terroristas palestinianos. (foi a campanha terrorista que levou a queda da Pérsia de Resa Palevi actual Irão. É interessante comparar os dados estatísticos dessa altura com os actuais do Irão.)
Mas se recuarmos uns anitos lá para o fim do século 19 princípios do século 20 teremos a pirataria muçulmana que tinha o mediterrânico a ferro e fogo e onde era preciso pagar tributo para se poder passar.
Foi aquela região desde sempre uma zona de instabilidade. Ainda antes da existência de todos os males, os USA.
Mas com cuidado e engano sempre enfiamos informações falsas é só preciso estar-mos predispostos. Como esta no jornal Avante «Se a palavra já existia no tempo do Império Romano, terá seguramente sido usada para descrever a revolta dos escravos de Espártaco ou os primeiros cristãos.» A imbecilidade é tal que chegam a afirmar que companheiros de Spartacus eram cristãos. Spartacus morreu em combate, contra as legiões de Cnaeus Pompeius em 71 a.C. 71 anos antes de Cristo nascer. Esta é uma amostra porque há mais.
Anonymous http://ecurioso.blogs.sapo.pt/, at janeiro 05, 2006 11:47 da tarde  
Mas ke ressuscitou kom Rosa Luxemburg...LOL!...e na altura o governo "iaquiano" era de um fulano sem qualquer representatividade eleitoral, inimigo dos partidos xiitas liderados por Al-Sistani....
Blogger spartakus, at janeiro 06, 2006 3:51 da tarde  
Continuam com estes sacrifícios humanos, em honra de qual sanguinário deus?

bj
Maria Afonso Sancho
Anonymous Anónimo, at janeiro 06, 2006 9:01 da tarde  
Deixo outra pergunta:
Onde estava esta mortandade diária antes da invasão assassina?
A quem ajudam estes atentados?
A solução é arranjar outro Saddam para pôr aquele país na ordem. Mas agora terão de travar uma sangrenta guerra civíl que durará pelo menos vinte anos.
Está o mundo mais seguro?
Perguntem a São Bush.

(Jinhos, Elise)
Blogger Trakinas, at janeiro 07, 2006 8:13 da tarde  
spartakus, é assim tão díficil de acreditar que as bombas e as armas dos insurgentes no iraque são oriundas da síria e do irão? o que ganha o irão com uma democracia no iraque?

......

amigo joão, grata pelo seu comentário. lúcido como sempre.

....................

"A solução é arranjar outro Saddam para pôr aquele país na ordem."

sem comentários.

........

beijos a todos.
Blogger Elise, at janeiro 07, 2006 8:58 da tarde  
Cara Elise,
Pois é sem comentários mesmo!!!
É que Saddam foi lá posto pelos americanos e apoiado no massacre dos curdos pelos mesmo e pelos europeus também!!!
Só que na altura era conveniente um Saddam!!!
Criaram um pitbull e depois abateram-no quando mordeu na mão do dono, que entretanto tinha deixado de lhe dar de comer.
Passaram-se 10 anos entre o massacre dos curdo e a primeira guerra do golfo. Nesses 10 anos ninguém se importou com os curdos. E agora ?
Agora, os Iraquianos que se aguentem.
Pois.

Jinhos.
Blogger Trakinas, at janeiro 08, 2006 12:09 da tarde  
quê? trakinas não estás informado sobre a história do curdistão. os curdos vêem o pai bush e o GWB como heróis. vê este link.
Blogger Elise, at janeiro 08, 2006 8:29 da tarde  
Não duvido, cara Elise.
Os curdos têm muito a agradecer aos Bush. Só que não se devem lembrar do abandono a que foram votados quando Saddam os gaseou. Tanto a Europa como A América ignoraram o genocídio porque na altura Saddam lhes era conveniente. Penso que as armas usadas contra os curdos foram vendidas pela Alemanha (membro da Nato).
Há é um pormenor. NADA DO QUE SE FEZ NO IRAQUE FOI PARA SALVAR OS CURDOS!
Ah pois é!
Eles fora e são simples peões manipuláveis para lutar a guerra dos outros.
Quanto a mim as guerras nada resolvem e esta em especial é do mais bárbaro e desigual que já vi.
Nenhum dos motivos para a invasão do Iraque se confirmou.

Ah! Parabéns pelo blog. Está muito fixe.
:D
Blogger Trakinas, at janeiro 08, 2006 8:54 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação