sexta-feira, fevereiro 10, 2006

A censura vem aí...

Escrito por Elise às 4:30 da tarde

11 Comments:

Olá minha querida amiguinha, beijinhos e bom fim de semana
Blogger Adryka, at fevereiro 10, 2006 6:44 da tarde  
Dentro de muito pouco tempo, se é que não existem já movimento da parte deste governo. Os blogs serão censurados.
A imprensa ainda impõe alguma contenção. Apesar disso existe um movimento na opinião pública com o intuito de criar apoios favoráveis à censura. Bastaria ter assistido ao debate na assembleia e ouvir o que a criatura disse dos cartonistas para ficar apreensivo.
A publicação dos cartoons criaram uma vaga de fundo favorável à censura. Uma oportunidade que qualquer ditadorzeco de pacotilha irá aproveitar. Esperemos pelas novas estúpidas leis.

Bom fim-de-semana.
Anonymous É curioso, at fevereiro 10, 2006 10:14 da tarde  
Bfsemana Elise. Já te respondi lá. Bjinho.
Blogger spartakus, at fevereiro 11, 2006 11:43 da manhã  
Basta que o serviço gratuíto acabasse para que 70% dos blogues deixassem de existir. Acho que o caminho vai ser esse, infelizmente.
Blogger smartins, at fevereiro 11, 2006 1:27 da tarde  
Não admito o conceito de liberdade parcial. Ou é ou não é. Por isso é que eu digo que Portugal é uma ditadura constitucional.
Blogger Gonçalinho, at fevereiro 11, 2006 4:56 da tarde  
Pois. E ninguém fala do novo cartão de identificação...mais um...bom dia.
Blogger spartakus, at fevereiro 12, 2006 10:20 da manhã  
La liberdad empieza por el respecto de un pueblo, por su religion y sociedad :)

beso
Blogger romero, at fevereiro 12, 2006 11:58 da manhã  
«Pelo menos temos os blogs. Até quando?»

Raios. Acabaste de lhes dar ideias...
Blogger pedroromano, at fevereiro 12, 2006 11:54 da tarde  
Hoje, na rep. finanças de viseu, o funcionário queria o meu nº. de telemóvel para me dar o cartão de contribuinte da minha filha de 8 anos. Quando lhe perguntei se era parvo ou se sabia quais eram os meus direitos, à privacidade, por exemplo, empatou-me 2 horas...
Blogger spartakus, at fevereiro 13, 2006 3:10 da tarde  
Meu querido, como o entendo.
quis ensinar as minhas filhas em casa, pelo menos o ensino primário (vivemos bem longe de qualquer escola). Rapidamente desisti pois percebi que a sua custódia me poderia ser retirada (independentemente de elas fazerem diariamente 1h20 de estrada). Se fossem 5 crianças... já era permitido. Como somos livres!
Blogger Moriana, at fevereiro 14, 2006 3:19 da tarde  
viva a liberdade!

"Quando lhe perguntei se era parvo ou se sabia quais eram os meus direitos, à privacidade,"

"Como somos livres!"

road to serfdom... pois.
Blogger Elise, at fevereiro 15, 2006 10:43 da manhã  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação