terça-feira, outubro 24, 2006

Eu sei o que é um hino à estupidez

Escrito por Elise às 1:14 da tarde

32 Comments:

Não tinha reparado no post do Polvo. Constato que a discussão à volta do post foi toda sobre se o LFV também é aldrabão ou se é mais aldrabão ou menos aldrabão. Suponho que quanto ao PdC a discussão esteja, portanto, encerrada.

Saudações leoninas, e votos de no fim-de-semana se jogue tanto no campo como se vai jogando fora dele. Mas que se jogue com mais elevação.
Blogger Aves Raras, at outubro 24, 2006 2:46 da tarde  
É deixar o LFV bater na moita. Mais cedo ou mais tarde, saem de lá, também, as perdizes dele.
Blogger Gonçalinho, at outubro 24, 2006 6:49 da tarde  
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Blogger Gonçalinho, at outubro 24, 2006 6:49 da tarde  
Olá princesa, nessa de futebois nao me meto nem gosto de falar, deixo uma grande beijinho para ti querida
Blogger Adryka, at outubro 24, 2006 7:48 da tarde  
Esta semana estamos a assistir a uma guerrilha retórica a imitar os tempos primitivos de PdC quando se preparava para vir jogar á Luz.

Até Fernando Seara entrou no "jogo" a condicionar desde já o árbitro.(foi uma desilusão, pois pensei que ele fosse alheio ao capital que mantém LFV como testa de ferro)

Só que "cheira tudo a mofo". Uma coisa é um original, outra coisa é uma fotocópia de muito má qualidade. Falta a LFV - e ao Veiga nem se fala - o sentido de humor caústico. Certas coisas ditas sem ironia abrasiva deixam de se ouvir como um ditote e apenas deixam o ruído sibilante da bufa mal-cheirosa.

Para se ter sentido de humor, é necessaria uma dose mínima de inteligencia.

Ademais, este fds LFV estará sujeito aos votos e tem que incendiar os associados do benfica, para mobilizar uma votação intensa que lhe confira legitimidade inequívoca, sob pena de lá aparecer meia dúzia de gatos pingados.

Este futebol é grosseira e pateticamente quixotesco. Inventam-se inimigos como leit motiv para a adrenalina.

Tenho muitos amigos do benfica que pensam rigorosamente o mesmo. E que não acreditam que em 3 anos o SLB seja campeão europeu, como não acreditaram há 3 anos atrás que o SLB seria "o maior clube do mundo daqui a 3 anos" conforme foi eleitoralmente prometido.

Que o benfica ganhe no Dragão se for capaz. Por mim, gostaria que levassem 3 ou 4 para "curtir" as desculpas que LFV arranjaria.

Uma coisa sei eu: com o amigo Lucílio, o Porto vai acabar com 10 e vai sofrer um penalty. Só falta saber quantos conseguirá marcar.
Anonymous carneiro, at outubro 24, 2006 8:16 da tarde  
Só o que eu tenho a dizer... http://www.youtube.com/watch?v=I1csoVgCUWE
Blogger Dragonesso, at outubro 25, 2006 7:55 da manhã  
O Carneiro e o Dragonesso vêm demonstrar uma vez mais: parece que para os adeptos do FCP não está em causa a falta de carácter do PdC, está apenas em causa se os outros são melhores ou não. Claro que o que estou a pedir é que tenham mais nível do que os respectivos presidentes, mas isso é, neste caso, pedir muito?
Nós (SCP) tivémos lá o Sousa Cintra, que era um presidente divertido. Mas era presidente, não era Rei. E ladrava muito, para morder pouco.
De resto, o melhor presidente do Sporting acho que foi o José Roquete. Provavelmente, terá sido (pelos meus critérios) um dos melhores presidentes de clubes de futebol aqui do rectângulo...
Blogger Aves Raras, at outubro 25, 2006 11:19 da manhã  
50 mil adeptos a presionar a "barata tonta" vai ser bonito, vai, vai...
Anonymous brmf, at outubro 25, 2006 11:27 da manhã  
O futebol não é para se levar a sério. Eu se quiser ver um espectáculo de nível vou à ópera ou ao teatro. Agora o futebol é para básicos, emoções primárias e incontidas. E neste particular, acho que nós os portistas estamos bem servidos de homens que vão à luta, com todos os meios, contra tudo e contra todos, sem limites na decência. E na minha opinião, quem não percebe isto, não percebe o futebol no seu esplendor.

O Baía a dizer que o Ricardo é um menino a quem roubaram o chupa chupa - delírio

O Pintinho a imitar o Vieira a fazer hmm hmm hmm - delírio.

O Bruno Alves a espetar uma cabeçada no Nuno Gomes - delírio.

O Mourinho a impedir o italiano de lançar a bola - delírio.

O Mourinho a dizer que o próximo paga a factura - delírio.

and so on... and so on...
Blogger Dragonesso, at outubro 25, 2006 12:45 da tarde  
Caro Aves raras,

lá por o meu amigo ter a sorte de o seu clube se estar a distinguir nesta época pela elevação do comportamento dos seus dirigentes, não vale a pena ser tão vaidoso.

Ainda me lembro das bebedeiras que o Soares Franco apanhou no Restelo quando andou à chapada verbal com a ralé, e daquela memorável em que declarou que " o tempo do papa estar a acabar".

Eu nunca reconheci o que quer que seja sobre PdC conforme você afirma.

Mas deixe que lhe diga: alguém que conseguiu apear o benfica do poleiro onde se instalou como o clube do Estado Novo, alguém que conseguyiu o número de vitórias em campeonatos e taças de portugal, que me deu três taças europeias nos tempos modernos, além de outras super-taças internacioanis e intercontinentais, alguém que consegue por os benfiquistas ferrenhos a espumar de raiva, até poderia ser um Al capone que eu lhe perdoaria.

Mas PdC não é isso. Essa imagem foi posta a correr pela imprensa que bem se sabe para denegrir alguém que conseguiu inferiorizar desportivamente o Benfica nos ultimos 25 anos.

Cada vez que se vem falar do Apito Dourado para explicar as vitórias do FCP percebe-se o mau-perder. O período das escutas corresponde ao reinado de Mourinho. E como sabemos todos, Mourinho só ganhava porque os arbitros estavam comprados.

Caro amigo, eu sou do tempo em que na escola primária levava porrada de todos por não ser do benfica. Percebe porque as bocas não me afectam ? Habituei-me a levar porrada física, como poderiam as vozes de burro magoar ?

Do que tenho lido, PdC esteve indiciado por corrupção activa por ter dado um relógio do centenário do Clube a Valentim - como recordação, penso eu (de que), e como não custa perceber que assim tenha sido. Por essa altura, telefonou a Valentim a meter uma cunha por causa de uma suspensão dele de 30 dias. Isto já está arquivado, reconheço promiscuidade no telefonema. Mas onde está o resultado desportivo "fabricado" ? O que é que este episódio tem a ver com a "verdade desportiva" ?

Quanto à matéria das certidões, têm vindo a ser arquivadas sucessivamente.

Que você me diga que "cheira mal" esta coisa dos telefonemas e das putas que se arranjam aos arbitros, e de senhas de gasolina, etc., eu concordo consigo.
Mas olhe que este comportamento estava generalizado. Os clubes, todos eles - o seu também - e na proporção da sua grandeza, faziam ofertas destas aos arbitros, não para os levar a favorecer, mas com medo de serem prejudicados.

E olhe que o seu clube também praticou e de que maneira.

Não se esqueça, é que há 30 anos atrás e, em especial, antes do 25.04, os arbitros só conseguiam ir passear ao estrangeiro quando eram convidados a viajar, com tudo pago, na comitiva do benfica. Nessa época, tudo era normal. Era o tempo da transparência. Agora é que existe corrupção.

Sabe o que é fazer toda a minha meninice e adolescencia a ver o Sr. Carlos Valente a roubar descaradamente o FCP em todos os jogos ?

E hoje em dia é o sportinguista Lucílio Baptista. Vai ver se no sábado o FCP acaba com todos os jogadores e quantos penalties a favor do benfica vão ser marcados.

Finalmente, meu amigo, esta história do "apito dourado" serviu, isso sim, para manter os arbitros num estado de medo tal que durante um ano não apitaram um penalty a favor do FCP, com pena de que dissessem que estavam a favorecer o Porto.

E por isso o benfica conseguiu aquele campeonato isolado. À custa do medo.

Táctica que querem pôr outra vez em campo. Nas vésperas de o benfica jogar com um dos grandes, os arbitros que não se atrevam a mostrar cartões aos jogadores do benfica !!!

Deixe estar que quando eles jogarem com o sportem, você vai sentir na pele o asco que LFV provoca. É pior do que a urticária.
Anonymous carneiro, at outubro 25, 2006 5:05 da tarde  
Carneiro,

você fez "toda a minha meninice e adolescencia a ver o Sr. Carlos Valente a roubar descaradamente o FCP em todos os jogos"

eu também passei toda a minha meninice, adolescência, pós-adolescência e idade pré-adulta (estado actual, será?) a ver o Benfica ser escandalosamente roubado...

...gerações diferentes, meu caro.
Anonymous brmf, at outubro 25, 2006 5:55 da tarde  
Apesar de eu ser adepta não ferrenha do SLB ou das Águias, a minha linha de pensamento e desportivismo fica-se pela do Dragonesso... :D
Anonymous Áurea, at outubro 25, 2006 5:56 da tarde  
brmf,

desde que vocês não estejam a ser benficiados, já "estão a ser roubados".

Mas, "coisas" à parte, desejo-lhe bom jogo para o próximo sábado.
Anonymous carneiro, at outubro 25, 2006 6:26 da tarde  
Uma marradinha especial ao Kaneiu, estava com saudades de ler os teus comentários. :)
Blogger Elise, at outubro 25, 2006 6:34 da tarde  
também estás sempre a postar em estrangeiro de fora....sobre a porrada que as muçulmanas levam dos maridos, etc... Não sabes que temos que respeitar a cultura deles ? Os teus posts ainda vão ofender os gajos...É por isso que não me meto. Não os quero ofender.

Agora estas "picadinhas" com o benfica, é um caso de serviço publico: relembrar o que foi a longa noite do fascismo no futebol.

Mas os benfiquistas que tens por aqui é tudo boa gente. Temos que os tratar com compreensão humana. Até custa confrontá-los com a verdade...



Beijo grande para ti, minha princesa do norte.
Anonymous carneiro, at outubro 25, 2006 6:57 da tarde  
Ora, isso já me valeu algumas ameaças de morte nos comentários ou por email, mas tu sabes que eu não tenho medo de misógenos.

Beijos para ti, em Dezembro espero ver-te.
Blogger Elise, at outubro 25, 2006 7:08 da tarde  
Provavelmente devia abster-me de responder pois devo ser quem menos sabe de futebol aqui por estas bandas (sem ironia). Não resisto no entanto a destacar uma frase do carneiro:
"(...) alguém que consegue por os benfiquistas ferrenhos a espumar de raiva, até poderia ser um Al capone que eu lhe perdoaria."
É isto que eu acho estranho no futebol - haver tanta gente a definir-se pela negativa e não pela positiva (ser Anti-Benfica em vez de Portista, ser Anti-Portista em vez de Benfiquista)...
No caso do PdC, mais do que em qualquer outro caso, faz-me urticária a promiscuidade com a política. Se calhar, ele está no seu direito de o fazer, mas eu também estarei no meu direito de não gostar.
Quanto ao SCP, é evidente que tivémos a nossa dose de presidentes loucos e/ou senis... :-)
Blogger Aves Raras, at outubro 25, 2006 7:16 da tarde  
"...presidentes loucos e/ou senis..." e borrachões, não te esqueças.

Quanto "ao ser contra": é a mesma coisa que ser contra o fascismo, a união nacional, o unanimismo obrigatório, etc. Quem ama a liberdade só pode ser contra o benfica. Foram anos e anos a suportar a arrogancia, a batota institucionalizada. Você pensa que o Eusébio nasceu benfiquista ? Ele veio para o sporting e foi raptado por benfiquistas até que assinasse o contrato pelo benfica. E sabe porque é que o Sporting se calou ? Porque os corpos dirigentes tinham por lá uns Drs. (aliás, sempre tiveram) que eram opositores ao regime e se não tivessem baixado a bola, teriam (mais) problemas com o regime. Ainda está por publicar a história das relações entre o Benfica e o Estado Novo. Ou alguém pensa que sem o beneplácido do regime, algum clube poderia ter singrado ?
Eles não gostam de ouvir estas coisas, porque muitos deles nem dão por isso, ficam-se pelo amor à camisola, aliás, respeitável, e só quando ouvem com serenidade o que amigos pessoais de outros clubes lhes dizem é que exclamam: "Eh pá, nunca percebi que o benfica maltratava assim tanto quem não é do benfica".

Você já reparou, Aves Raras, que um benfiquista nunca se fica pela sua dimensão absoluta. Tem sempre que acrescentar que "é melhor que os outros, é o maior do mundo, são os seis milhões,etc". Eles nunca se chegam em ser, ponto final. Tem que ser sempre mais do que os outros. E quando o fazem, aliás, sempre, estão a inferiorizar sistematicamente os outros. A diminuir os concorrentes. Por isso criam tantos anti-corpos. Por isso raramente alguém é neutro em relação ao benfica. Ou é benfiquista ou é anti-benfica. Por isso, sabe bem quando perdem seja com quem for. Para que engulam a arrogancia.

Você vai ver o alarido que vão fazer com a votação electrónica...( á falta de presidente com resultados, vão pegar na votação para serem melhores que os outros).
Pese embora a votação electrónica já ser praticada, até no Brasil, já está em marcha a campanha de eles serem os primeiros do mundo a utilizar o sistema.

Só mais uma: O benfica é como a PJ nas apreensões de droga: é a maior da zona sul, a maior deste ano, a maior da década, a maior da região centro, a maior em cuecas, etc. Tem sempre que ser a maior do que qualquer coisa.

Pense nisso. Que isto tem pouco a ver com o futebol. Tem a ver com comportamentos sociológicos. E com uma filosofia de vida, que já se transformou em corrente filosófica, chamada benfiquismo, que se traduz na seguinte proposição: "é muito feio roubar, mas se for a nosso favor já não faz mal pois há sempre justificação".
Anonymous carneiro, at outubro 26, 2006 10:09 da manhã  
Carneiro, v.Exa é do FCP, não fale do Benfica! Fale-nos do Porto! É que, caso contrário, está a definir-se pelo que não é, em vez de se definir pelo que é. Em qualquer dos casos, parece-me que hoje em dia o Porto é muito do que você diz que o Benfica foi.
Para que conste, eu considero-me neutro em relação ao Benfica. Sou simpatizante do SCP, mas para a europa também torço pelo Benfica (apesar de ter um ódio de estimação pelo Macaco Simão, porque acho que é um mau carácter), pelo Braga, pelo Porto. De resto, até já fui sócio do Benfica - como forma de poder frequentar a piscina - e nunca me fez urticária.
Quanto ao Benfica ver sempre as coisas em grande, penso que o Porto perde por se ver a si próprio em pequeno - lembro-me de um qualquer dirigente do FCP (não foi o PdC) dizer, quando o Porto foi campeão europeu com o Mourinho: "É uma cidade inteira em festa." Isto é ser pequeno...
Blogger Aves Raras, at outubro 26, 2006 5:31 da tarde  
Fico contente por saber que afinal não sou só eu que uso chapéus de alumínio =)
Blogger Rouxinol, at outubro 26, 2006 6:48 da tarde  
"penso que o Porto perde por se ver a si próprio em pequeno"

Tem razão nisto Aves Raras.

Quanto ao mais agradecia que discutisse apenas o que eu escrevo e que não entrasse em interpretações subjectivas do que eu sou ou deixo de ser. Não porque me incomode muito, mas porque por mais tempo que passe nisso, não conseguirá e, logo, estamos a perder tempo.

Eu não me defini pelo "contra". Eu estava apenas a responder-lhe a si, a um seu comentário em que revelava perplexidade por haver quem se afirmasse contra o benfica.

Era só a esse parcial da conversa que me estava a referir.

Agora pegar nesse parcial e fazer uma generalização ao que eu penso ou sou ... Percebe o seu erro de raciocínio ?

Por acaso Você perguntou porque sou portista ? Se o tivesse feito e se eu tivesse respondido naquele registo anti-benfica, então, sim, você já passaria a ter razão.

Este racicínio aplica-se ao que eu e você dissemos de PdC. Eu apenas referi que ele "até poderia ser um Al Capone que eu lhe perdoaria" e você leu que eu gosto muito e tenho profundo orgulho que PdC seja um Al Capone...

è preciso rigor nos palavras, amigo Aves Raras, rigor.

As boas contas fazem os bons amigos. Mas "contas" não representa apenas dinheiro. Significa conteúdos interrelacionais, amabilidades, genmtilezas, paciencia, lealdade, rigor, etc.

Tenho um filho que é atleta federado pelo Benfica. O Benfica não me causa urticária. O LFV, pela imbecilidade natural, e o benfiquismo como corrente socio-filosófica é que me causam urticária e diarreia. Pensei que tinha sido claro nas extensas explicações.

Boa sorte para si em Aveiro.
Anonymous carneiro, at outubro 27, 2006 10:17 da manhã  
"Quem ama a liberdade só pode ser contra o benfica." Este é o tipo de frase que irrita qualquer um.

Depois ainda dizem que nós, Benfiquistas, é que somos arrogantes. Eu sou Benfiquista e amo a liberdade. Mais a mais, no tempo do Estado Novo, muitos Benfiquistas, lutaram reconhecidamente pela Liberdade. Muitos dos quais que eu até nem simpatizo particularmente.

Se o Benfica era o clube do "sistema" (e dou isso de barato), também foi um clube que fez mais pela Paz e pela união entre os Povos que qualquer outro.

Aqui fica um excerto de uma entrevista de António Lo Antunes à Visão:

"V: Ainda sonha com a guerra?

ALA: [...] Apesar de tudo, penso que guardávamos uma parte sã que nos permitia continuar a funcionar. Os que não conseguiam são aqueles que, agora, aparecem nas consultas. Ao mesmo tempo havia coisas extraordinárias.
Quando o Benfica jogava, punhamos os altifalantes virados para a mata e, assim, não havia ataques.

V: Parava a guerra?

ALA: Parava a guerra. Até o MPLA era do Benfica. Era uma sensação ainda mais estranha porque não faz sentido estarmos zangados com pessoas que são do mesmo clube que nós. O Benfica foi, de facto, o melhor protector da guerra..?

Eu até nem gosto muito deste tipo de argumentação, mas contra demagogia luta-se com demagogia.
Anonymous brmf@sapo.pt, at outubro 27, 2006 3:55 da tarde  
Carneiro, a minha interpretação sobre o que escreveu é subjectiva. Suponho que uma interpretação é, inevitavelmente, subjectiva. Não comentei o que você é ou deixa de ser, mas a forma como se apresenta a si próprio nos comentários, pelo menos na minha leitura. Já agora, note que não está em causa apresentar-se como anti-benfica, mas apresentar-se como anti-qqcoisa. Podia ser anti-FCP, anti-sporting, anti-comunista, anti-americano, anti-católico; a questão é o "anti". Tive uma professora de liceu que dizia que o ódio e o amor são dois sentimentos muito parecidos. Demorei cinco anos, mas acabei por lhe dar razão.

"Por acaso Você perguntou porque sou portista? Se o tivesse feito e se eu tivesse respondido naquele registo anti-benfica, então, sim, você já passaria a ter razão."
Eu não lhe perguntei porque é portista; você não me disse porque é portista. O que comentou foi porque é que não é do Benfica. Essa é a minha questão.

"...você leu que eu gosto muito e tenho profundo orgulho que PdC seja um Al Capone..."
Já agora, dada a sua preocupação com o rigor, não interprete as minhas interpretações! :-)
A minha interpretação da sua frase foi: "Desde que ganhe ao Benfica, não importa que seja um Al Capone."
Incomoda-me que a preocupação seja o ganhar ao Benfica e incomoda-me que seja aceitável que ele seja um Al Capone. Preferia ler: "Quero que o Porto seja campeão, mas que o seja por jogar melhor e não por ter um presidente mafioso" ou mais simplesmente "Ganhar com batota não me sabe a nada".

Já agora, explique-nos porque é do FCPorto. E, se quiser, o que acha do seu incontornável presidente.
Blogger Aves Raras, at outubro 27, 2006 5:10 da tarde  
"Se o Benfica era o clube do "sistema" (e dou isso de barato)" - então não percebo porque te irritas a ler algumas das concretizações dessa situação.


"foi um clube que fez mais pela Paz e pela união entre os Povos que qualquer outro" - cá está a mania das grandezas.

Um gajo não-benfiquista diria: "foi um clube que fez muito pela Paz e pela união entre os Povos" E eu concordaria, aplaudiria de pé e com entusiasmo.

Mas um benfiquista só pode dizer aquilo se acrescentar que "fez mais do que os outros".

Isto é a concretização do benfiquismo como forma de estar na vida. è o benfiquismo como filosofia de vida.

Você, brmf, não disse aquilo de propósito para hostilizar seja quem for. Mas essa mania das grandezas está de tal modo entranhada na vossa essencia benfiquista que já não conseguem dizer nada que não inclua automaticamente a inferiorização comparativa dos outros.

Não leve a mal, pá. A maior parte dos meus amigos são benfiquistas e fazemos muitas vezes este exercício de individualizar os tiques. Vocês não fazem de propósito. É a vossa linguagem. Não sabem falar de outro modo.

Aves raras, porra, homem. Leia o que eu escrevi sobre PdC. Não me reproduza de memória.

Eu não me atrevo a interpretar as suas interpretações. Mas você está out of topic, canudo.

Se interpretou "desde que ganhe ao benfica...", interprtetou muito mal. Não foi nada disso que eu escrevi. Escrevi muito mais - e pela positiva como você prefere.

O meu amor pelo FCP fica para outra ocasião. Hoje não me está a apetecer escrever poesia.
Anonymous carneiro, at outubro 27, 2006 5:37 da tarde  
"Leia o que eu escrevi sobre PdC."
Fui ler (apenas nos comentários a este post), e cito:

"Mas PdC não é isso [Al Capone]. Essa imagem foi posta a correr pela imprensa (...)"
"reconheço promiscuidade no telefonema [Pinto da Costa a Valentim Loureiro]"
"Quanto à matéria das certidões, têm vindo a ser arquivadas sucessivamente."
"Que você me diga que "cheira mal" esta coisa dos telefonemas e das putas que se arranjam aos arbitros, e de senhas de gasolina, etc., eu concordo consigo. Mas olhe que este comportamento estava generalizado."

Daqui retiro, bem ou mal, que para si o PdC não é um Al Capone. No entanto reconhece-lhe comportamentos censuráveis, ainda que atenuados pelo facto de que eram correntes à data. Espero estar a interpretar bem.
Subscrevo a maior parte destas afirmações. Para mim, Pinto da Costa é um presidente que teve o seu momento, mas cujo momento passou. É por isso que fico satisfeito quando leva "bordoada" do Rui Rio (cada macaco em seu galho), mas me é indiferente todo o "picanço" com o "Orelhas".


"Eu não me atrevo a interpretar as suas interpretações. Mas você está out of topic, canudo."
Atreveu-se, e (como referi antes) interpretou mal. Quer ver?
"Eu apenas referi que ele "até poderia ser um Al Capone que eu lhe perdoaria" e você leu que eu gosto muito e tenho profundo orgulho que PdC seja um Al Capone..."
E acrescentou:
"è preciso rigor nos palavras, amigo Aves Raras, rigor."


Mais comentários, só depois do Porto-Benfica (porque caso contrário a Elise ainda corre connosco).
Cumprimentos, e votos de que o jogo seja daqueles de encher as medidas...
Blogger Aves Raras, at outubro 27, 2006 6:33 da tarde  
Vocês estejam à vontade a minha casa é a vossa casa. :)
Blogger Elise, at outubro 27, 2006 6:39 da tarde  
Carneiro! É a nossa deixa. Aparecemos em casa da Elise para jantar? Se levar os charutos, eu levo uma garrafa de Vinho do Porto... (aproveitamos para investigar se o cão já se chama oficialmente Cacau...)
Blogger Aves Raras, at outubro 27, 2006 7:03 da tarde  
O Carneiro iria passar uma boa parte do tempo a dizer mal das gatas e do cacau que se calhar na altura já foi *snip snip*.
Blogger Elise, at outubro 27, 2006 8:43 da tarde  
O cacau também vai ao castigo? Pensava que isso era só para os gatos... Bolas!!!
Isso cria novas possibilidades de nome, como o capadau...
Cá para mim, o bicho não leu as letrinhas pequenas do contrato de adopção...
E eu acabo de descobrir que é possível adoptar só uma parte de um animal...
Blogger Aves Raras, at outubro 27, 2006 11:31 da tarde  
*snip snip*

:)
Blogger Elise, at outubro 28, 2006 12:47 da manhã  
Caro aves raras,

O seu sporting fez um grande jogo. à inglesa, ao ataque, a deixar-nos pregados ao ecran.

Com futebol assim interessante o resultado é o menos.

O FCP-SLB foi muito menos interessante.

Conforme previra, o amigo Lucílio deixou que o FCP acabasse com menos um jogador.

Ou seja, a Oeste, nada de novo.
Anonymous carneiro, at outubro 30, 2006 4:26 da tarde  
Caro carneiro, é a sina do Sportinguista. Com as "vitória morais" seríamos provavelmente o clube com mais títulos. Ainda na época Couceiro, teríamos ganho a Taça Uefa e não só.
Felizmente, mais importante do que as vitórias são os jogos, ie, o espectáculo. Infelizmente não vi o Porto-Benfica; apenas segui os resultados pela Internet. E constatei que houve apenas dois cartões - pensei: Talvez o (sr.) carneiro fique satisfeito; afinal não choveram cartões.
Só depois percebi que havia uma questão à volta de um jogador do Porto que, basicamente, ficou "inutilizado" por uns tempos...
Blogger Aves Raras, at outubro 31, 2006 10:03 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação