quarta-feira, novembro 22, 2006

Ditadura nunca mais?

Escrito por Elise às 9:48 da manhã

4 Comments:

No caso da contratação directa vs.lista graduada, poderia-se acusar os sindicatos de "quererem mandar nas nossas vidas" se a escolas fossem geridas pelos encarregados de educação (ou pelos próprios alunos).

Não sendo esse o caso, substituir a lista graduada pela contratação directa não é uma questão de liberdade, mas de dar poder arbitrário aos pequenos burocratas.
Blogger Miguel Madeira, at novembro 22, 2006 2:05 da tarde  
Viva a liberdade!
Blogger Dragonesso, at novembro 22, 2006 2:09 da tarde  
Eu não digo que o socialismo não acredita no ser humano? O medo de falcatrua é sempre o argumento para retirar liberdades.
Blogger Gonçalinho, at novembro 22, 2006 4:44 da tarde  
"O medo de falcatrua é sempre o argumento para retirar liberdades"

Bem, eu não falei em falcatrua porque, se dermos poder arbitrário aos pequenos burocratas, nem chega a ser falcatrua.

Mas, a respeito de acreditar ou não no ser humano, de uma coisa não tenho dúvida - se dermos poder a alguêm, em 99.9% dos casos ele vai abusar desse poder.

Finalmente, quando se fala de "as escolas contratarem os professores", lembro que "as escolas não contratam pessoas, pessoas contratam pessoas" - que pessoas vão decidir que professores contratar? Uma direcção nomeada pelo governo? Uma direcção eleita pelos professores? Uma direcção eleita pelos encarregados de educação? Uma direcção eleita pelos alunos? Eu não tenho objecções à contratação directa nos casos 3 e 4, mas já tenho nos casos 1 e 2.
Blogger Miguel Madeira, at novembro 23, 2006 12:25 da tarde  

Add a comment

Links to this post:

Criar uma hiperligação